Por: diario | 09/06/2017

A Fundação Municipal de Desportos (FMD) de Rio do Sul planeja a retomada dos trabalhos e ações na próxima segunda-feira (12). A informação é do superintendente da FMD, Jeberton Fermino.

Com o nível do Rio Itajaí-Açu baixando a cada hora, a equipe da Fundação composta por diretores e técnicos concentra esforços na limpeza das estruturas afetadas pela enchente. Os trabalhos, que iniciaram na última quarta-feira (7), seguem hoje e devem se estender no fim de semana. O objetivo é restabelecer o atendimento à população o mais rápido possível. “Quando terminarmos a limpeza dos locais afetados vamos poder reunir nossa equipe para definir os próximos passos do que iremos fazer dentro da FMD”, comentou o superintendente.

Uma primeira conversa entre a equipe da FMD já foi realizada, com a proposta de definir as datas de retorno das competições em andamento. Antes das cheias, a Olimbairros teve seu terceiro fim de semana de jogos realizado e chegava a sua fase final de disputas, assim como o Campeonato Municipal de Futebol que teve as partidas das quartas de final realizadas no último domingo. “Ainda estamos realizando o Campeonato Municipal de Bocha e os Jogos Escolares 15 a 17 anos, competições muito importantes do nosso calendário esportivo. Em consenso vamos definir datas dessas disputas nos próximos dias, que serão divulgadas aos dirigentes esportivos”, explicou o diretor de Eventos da FMD, Graciano Ledra.

Outra preocupação da Fundação é relativa às escolinhas, já que muitos locais foram afetados e mais de mil pessoas do município seguem em abrigos. Conforme o diretor de Esportes e Rendimento da Fundação, Sérgio Luis Schlemper, o momento ainda é de cautela. “Estamos trabalhando em cima do que a Defesa Civil nos informa e precisamos ter paciência nesse processo pós-enchente. Muitos locais onde as escolinhas são realizadas foram afetados, além disso, muitas crianças também estão nos abrigos, então precisamos ter calma”, comentou.

 

Estruturas afetadas

Grande parte da estrutura da Fundação está localizada em uma das áreas mais afetadas pelas cheias, o bairro Canoas. Conforme Fermino, com oito metros o Rio Itajaí-Açu já atingiu o campo e os vestiários do Estádio Alfredo João Krieck, na cheia registrada no fim de maio. Ele explicou que nesta segunda cheia, além do estádio, o Ginásio Artenir Werner e a sede da Fundação que fica anexa à estrutura também foi afetada. “Nessa enchente a água chegou próximo à rua Princesa Isabel em seu ponto mais alto, ou seja, passou as salas da FMD onde tivemos cerca de 30 centímetros de água acumulada, além de afetar toda a quadra de esportes do ginásio”, falou.

Os prejuízos ainda estão sendo levantados pela FMD, mas o Estádio Alfredo João Krieck, que passou por reforma neste ano, foi o mais afetado, já que a lama atingiu a nova pintura do estádio, que terá que ser refeita. “Realizamos um grande investimento no Estádio e infelizmente vamos ter que trabalhar novamente em cima de reparos”, comentou o superintendente.

No Estádio também ficam sediadas outras modalidades, como o futebol de base de Rio do Sul e a Associação de Atletismo de Rio do Sul (Acarisul), além dos alojamentos do basquete. Nesses espaços, antes das cheias, já foram realizadas mudanças visando evitar perdas.

O Pavilhão Municipal de Bocha, que fica localizado atrás do Ginásio Artenir Werner, também foi afetado pelas cheias. A FMD registrou problemas em outras estruturas que recebem treinamentos de algumas modalidades, como no Ginásio e Campo da Metalúrgica, além da Pista de Bicicross, que fica no bairro Budag, e também tinha sido reformada neste ano pela Fundação.

Campos de escolinhas de futebol também foram afetados, como o do bairro Santa Rita e do Barra Taboão, além do Ginásio do CEI Sebastião Back, no bairro Santana, que já passou por limpeza. O Centro de Treinamento de Judô, que fica anexo ao Pavilhão de Bocha, também foi atingido, assim como o Parque Harry Hobus, onde são desenvolvidos os treinos do ciclismo. “Precisamos ter paciência para aos poucos realizar a limpeza em todos os espaços para reativar os treinos das modalidades”, concluiu Fermino.