Por: diario | 25/09/2014

Nesta quarta-feira, um grupo de especialistas se reuniu e chegou à conclusão de que um vídeo – que supostamente retratava o “monstro do lago Ness” da Islândia – é verdadeiro. As imagens foram gravadas em 2012, no leste do país. As informações são do The Huffington Post.

Segundo a publicação, o monstro Lagarfljótsormurinn – sim, com todas essas consoantes – é uma criatura semelhante ao famoso monstro do lago Ness, mas é uma versão que vive na Islândia. Ele foi supostamente visto pela primeira vez no ano de 1345.

vídeo, gravado por Hjörtur Kjerulf, mostra uma criatura misteriosa nadando na água gelada de um rio glacial. De acordo com sete, dos 13 especialistas que se reuniram na última quarta-feira, o vídeo não é falso e o autor da gravação ganhará uma recompensa pelo conteúdo.

Os outros seis especialistas se negam a concordar com a autenticidade das gravações. Um deles disse ainda que trata-se de uma rede de pesca sendo arrastada pelo gelo.

Segundo a lenda, o Lagarfljótsormurinn era um pequeno verme que uma menina teria guardado junto com seu anel de ouro, para que a joia fosse multiplicada – seguindo uma crença popular na Islândia.

No entanto, a simpatia teria dado errado e, pelo contrário, o ouro teria feito o verme crescer. A menina jogou o verme no lago e ele nunca mais parou de aumentar de tamanho, tornando-se uma criatura perigosa.

Confira o vídeo:

https://www.youtube.com/watch?v=9tYHAXP5_rs

* Com informações Portal Terra