Por: diario | 1 mês atrás

 

Jorge Matias

 

Com o objetivo de impedir a circulação do vírus do sarampo no país, o Ministério da Saúde, as Secretarias estaduais e municipais estão realizando a campanha com vacinação seletiva, que segue até o dia 25 outubro. O Dia “D” foi promovido no sábado (19), e na ocaisão quase mil crianças foram imunizadas no Alto Vale.

 

Nesta etapa o foco é nas crianças de 6 meses a 4 anos, 11 meses e 29 dias e de acordo com o relatório disponibilizado pela 12ª Gerência de Saúde, 798 crianças foram vacinadas no Alto Vale. No estado de Santa Catarina ao todo pouco mais de 14 mil vacinas foram aplicadas no Dia D.

 

Segundo a gerente de Imunização da Diretoria de Vigilância Epidemiológica (Dive/SC), da Secretaria de Saúde de Santa Catarina, Lia Quaresma Coimbra, esses dados mostram que os pais estão preocupados com a saúde e o bem-estar dos filhos. “A gente está vendo que os pais estão levando os filhos para vacinar e essa iniciativa é bem importante para afastar o sarampo do estado”, ressalta.

 

A responsável pelo recebimento, distribuição da vacinas soros e insumos da 12ª Gerência de Saúde, Maria Aparecida Floriani, diz que a campanha seletiva tem o objetivo de vacinar apenas as pessoas que ainda não tem o esquema completo. “Quando se faz campanha de forma indiscriminada, vacinamos todas as pessoas da faixa etária, independente de terem recebido ou não a referida vacina”, comenta.

 

No período de 18 a 30 de novembro, a campanha seletiva será para os adultos de 20 a 29 anos de idade. Nesta segunda fase o dia D será em 30 de novembro.

 

O Sarampo é uma doença infecciosa grave, causada por um vírus, que pode ser fatal. Sua transmissão ocorre quando o doente tosse, fala, espirra ou respira próximo de outras pessoas. A única maneira de evitar o sarampo é pela vacina. Os principais sintomas são: febre acompanhada de tosse, irritação nos olhos, nariz escorrendo ou entupido e mal-estar intenso.