Por: diario | 1 mês atrás

 

O deputado estadual, Jerry Comper (MDB), avaliou durante entrevista exclusiva à reportagem do DAV, o panorama para as eleições municipais de 2020, especialmente a disputa para o Executivo em Rio do Sul. Na ocasião ele analisou os principais nomes que poderão fazer parte do pleito, bem como, o envolvimento da sigla nas disputas da região.

 

Conforme Comper, o partido está bem organizado para as eleições de outubro e buscará aumentar o número de representantes no Alto Vale.

“Dos 295 municípios do estado nós temos diretórios em todos. No Alto Vale, atualmente são 15 prefeitos que representam a sigla, um número considerável”, afirma.

 

No município de Rio do Sul, o deputado ressalta que o partido deve ter candidato à prefeito.

“O MDB tem nomes fortes para o pleito em Rio do Sul. O próprio presidente do partido, o vereador Nandu, assim como o ex-prefeito Gariba e a vereadora Zeli”, disse. “Acredito que o partido vem forte para as eleições deste ano”, completa.

 

Atuação na Alesc

 

O deputado Jerry Comper está iniciando os trabalhos deste ano na Assembleia Legislativa de Santa Catarina (Alesc). Ele é membro da Comissão de Finanças e Tributação e também é presidente da Comissão de Assuntos Municipais.

 

Comper afirma que neste ano chegaram pautas importantes como a Reforma da Previdência.

“Teremos muitos debates sobre essa questão previdenciária. Precisamos manter a calma a estudar a proposta junto a assessoria do partido”, comenta.

 

Na Comissão de Assunto Municipais, o deputado declarou que a principal pauta a ser discutida é a proposta do novo Pacto Federativo, que visa extinguir 104 municípios de Santa Catarina.

“Promovemos quatro audiências públicas nas cidades de Ibirama, Lages, Capinzal e Cunha Porã. A gente sabe que é um ano político e o primeiro semestre será de muito debate, mas nosso objetivo é procurar fazer aquilo que é de melhor, não prejudicando ninguém”, ressalta.

 

Relação com o governo

 

O deputado ressalta que tem uma ótima relação com o governo de Carlos Moisés da Silva. Comper disse que desde quando assumiu a cadeira na Alesc, buscou aproximação com o governador.

“Eu não tenho dúvida de que nós teremos ainda muitos investimentos na região do Alto Vale, com o apoio do governo”, completa.

 

Jorge Matias