Por: diario | 1 mês atrás

 

Jorge Matias

 

Os municípios de Atalanta, Ituporanga, Petrolândia, Presidente Nereu, Rio do Oeste, Taió e Vidal Ramos, irão receber a primeira parcela do recurso proveniente do projeto Recuperar. Nesse primeiro momento, o valor repassado, que é de aproximadamente R$ 1,1 milhão, será destinado para reparação de rodovias estaduais não pavimentadas, que somam cerca de 124 quilômetros no Alto Vale.

 

A verba é resultado do convênio firmado entre Consórcio Intermunicipal Multifinalitário (CIM-Amavi) e o Governo do Estado. Até final do ano devem ser repassados para a região cerca de R$ 4 milhões, divididos em quatro parcelas.

 

De acordo com o secretário Executivo da Associação dos Municípios do Alto Vale (Amavi), Paulo Roberto Tschumi, a distribuição da verba será equivalente a quilometragem de estradas não pavimentadas que cada município possui. “A licitação foi publicada nessa segunda-feira (21), e a partir do dia 31 outubro será liberada a compra do material”, completou.

 

Segundo o prefeito de Presidente Nereu e presidente da Amavi, Isamar Melo (PP), a destinação desse primeiro recurso custeado pelo projeto Recuperar foi decidida em assembleia geral no dia 27 de setembro. “A ansiedade dos gestores é grande devido a falta de recursos que nesse momento todos os municípios precisam lidar. Essa verba virá em boa hora para que o Executivo possa proporcionar uma melhor qualidade de transporte para a população do Alto Vale do Itajaí”, comentou.

 

Conforme Melo, devido ao tramite burocrático, até o final do mês o valor será repassado aos municípios. “O corpo técnico da Amavi está providenciando o edital para o segunda parte do Projeto Recuperar. O dinheiro será destinado a manutenção das rodovias no que se refere à roçadas, limpeza de valas e pinturas de faixas”, conclui.