Por: diario | 13/03/2018

Iniciou ontem (12), o primeiro Grupo Preparatório de Pais do Hospital Bom Jesus do ano de 2018. O grupo é destinado para tirar dúvidas sobre o período gestacional e também os primeiros cuidados com os recém- nascidos. Para este ano o cronograma de encontros foi alterado e será realizado de forma concentrada. Ao invés de encontros quinzenais, será realizado diariamente durante duas semanas.

A mudança vai possibilitar que as gestantes participem de todos os encontros durante o período gestacional. “Tínhamos a reclamação de que por serem quinzenais os encontros, o curso acabava se estendendo por muitos meses, e muitas gestantes começavam e não conseguiam terminar e participar de todas as palestras. Então nesse resolvemos mudar e a partir de hoje até o próximo dia 23, serão tratados todos os assuntos previstos no cronograma”, explica Michele Brunn, enfermeira responsável pela maternidade do Hospital Bom Jesus.

Durante os encontros são abordados temas variados, explanados por profissionais capacitados que atuam na unidade hospitalar. Ontem o tema tratado pela enfermeira Michele Brunn, foi o banho do bebê, orientações sobre o que levar para a maternidade na hora do parto e visita a maternidade. Hoje será Higienização e uso de chupetas e mamadeiras.

O Grupo Preparatório de Pais, é considerado um complemento do pré-natal. “Nós que recebemos as gestantes diariamente aqui na maternidade, conseguimos observar a diferença quando as grávidas participam do grupo. Elas chegam aqui mais confiantes e já sabem o que vai acontecer e como proceder. É como se fosse uma extensão do pré-natal ajudando a tranquilizar as gestantes”, pontua a enfermeira.

Para participar do grupo não é preciso fazer inscrição antecipada e a participação é gratuita. Os encontros ocorrem a partir das 19h e os interessados devem se dirigir até a recepção central do HBJ para encaminhamento.

“O grupo é aberto para a participação de gestantes de toda a região e além da futura mamãe, é importante que o futuro papai também participe. É sempre bom quando o casal vem junto, até porque a gestação e o bebê interfere na rotina de toda a família e todos auxiliam nos cuidados”, finaliza a Michele.

 

Receba primeiro as notícias do Jornal Diário do Alto Vale, faça parte do grupo de whatsapp. Clique aqui