Por: diario | 10/01/2019

Imbuia se prepara para mais um edição da Copa Femive de Futsal. As competições integram as equipes de todo o Alto Vale e terão início no dia 15 de abril, no Ginásio de Esportes Horácio Laurindo Machado. Nas disputas estarão em quadra oito categorias: sub-9, 11, 13, 16 feminino, 18, livre, feminino e veterano.

De acordo com o diretor do Departamento de Assistência ao Esporte, Adriano Fernandes, essa é uma oportunidade de integrar os atletas nas competições, onde muitos deles vem de cidades vizinhas para competir.

“No ano passado conseguimos reunir 77 equipes de 17 municípios, como Lontras, Rio do Sul, Vidal Ramos, Chapadão do Lageado, Ituporanga, Agronômica, Braço do Trombudo e ainda o time ADPB de Lages que veio para cá, com três categorias inscritas. Ao todo foram 1.350 atletas e 867 gols marcados. Em um mês de jogos, estiveram no ginásio mais de 6.500 pessoas entre pagantes, jogadores, comissão, técnicos e convidados. Nesta temporada vamos ultrapassar esse número, claro que não podemos garantir que as mesmas cidades que estiveram na última edição, se inscrevam novamente, mas estamos na expectativa de que elas retornem e que mais equipes participem da nossa Copa, que está sendo preparada com muito carinho”, explicou.

Quer receber as notícias no Whatsapp? Clique aqui

Por se tratar de uma competição, que gira em torno de um mês de disputas, os jogos são realizados todos os dias, exceto nas segundas-feiras, feriados e datas comemorativas.

“São realizados vários jogos, no ano passado para se ter uma ideia, foram 140. As partidas acontecem das terças até as sextas-feiras a partir das 17h, enquanto aos sábados e domingos inicia a partir das 13h, com uma média de quatro a cinco jogos por noite durante a semana, enquanto aos finais de semana, cerca de sete rodadas”, lembrou.

O diretor esclareceu aos interessados em participar do evento esportivo que as inscrições ainda não estão abertas, mas adianta o valor da inscrição. “Na categoria por equipe livre o custo será de R$1 mil, já a premiação no geral, gira em torno de R$20 mil, que serão divididos entre as equipes, além de troféus e medalhas aos participantes.

Quer receber as notícias no Whatsapp? Clique aqui

Segundo Adriano, a Copa, após realizar três edições de competições, teve parar durante oito anos.

“Por motivos que fogem do nosso controle acabamos ficando muito tempo sem realizar o evento e isso entristeceu muitos atletas. Quem perde realmente, são os jogadores e também aqueles que gostam de esporte. Infelizmente ficamos muito tempo parados, mas no ano passado retornamos com o pé direito e fizemos essa Copa ser um sucesso. Tenho certeza que esse ano não será diferente. Vamos projetar essa quinta edição com muita dedicação e competência e dar um pontapé inicial nesse ano de 2019 que será ainda mais vitorioso no esporte de Imbuia. Queremos colocar mais uma vez a princesinha do Alto Vale no destaque regional, pois esta competição será uma grande janela para expor o nosso município e o potencial dos nossos atletas da região”, completou.

Jéssica Sens