Por: diario | 20/03/2019

Lutas eletrizantes, atletas preparados, nocautes, vitórias e cinturões. Estas foram algumas das emoções que movimentaram a Capital do Alto Vale, no Force Fight Championship (FFC). O evento que é semelhante ao UFC e que é o brilho nos olhos dos telespectadores que gostam de assistir confrontos no MMA, pôde ser prestigiado ao vivo e a cores no sábado (16), no Ginásio Municipal Artenir Werner, em Rio do Sul. Pisaram no octógono, cerca de 32 lutadores, que vieram de Blumenau, Joinville, Florianópolis, Lages, Otacílio Costa e até do litoral catarinense, entre eles, nove atletas da casa que se destacaram na competição. Ao todo, foram 17 combates, oito deles no MMA e nove de Kickboxing, sendo 11 amadores e seis profissionais.

Questionado sobre o resultado dos combates, o organizador do evento e também professor de artes marciais, Vilmar Rocha, o conhecido Nego, ressalta que a academia foi muito bem representada pelos atletas.

“Participamos com nove lutadores e saímos de lá, com a sensação de dever cumprido, pois conquistamos sete vitórias em casa e ainda garantimos mais três cinturões, com o Cleiton Morh (Ogro), Jorge Santos (Baiano) e o Leandro Amaral (Alucinado). Estou muito realizado e satisfeito com a dedicação e garra dos meus alunos que deram o seu máximo em cada luta. Os últimos confrontos, foram sem dúvida, os mais esperados pelo público, em especial a atração principal, onde o Leandro Alucinado, foi o campeão da noite ao finalizar com uma guilhotina, já no primeiro round, o oponente Maicon Pitbull, de Barra Sul. O Leandro ficou muito feliz e realizado com o resultado, era uma luta que ele esperava ir mais longe, e por sobrar uma oportunidade ele não pensou duas vezes e nocauteou o adversário, levando a galera a loucura, com mais uma conquista para o Alto Vale”, completou.

De acordo com o professor de artes marciais e também o organizador da competição, Vilmar Rocha, o conhecido Nego, o evento foi mais uma vez um sucesso na cidade.

“Estávamos bem preocupados com esse evento aqui em Rio do Sul, justamente pela falta de apoio de muitos profissionais da área e também pelo fato, de que o esporte é mal visto ainda pela sociedade. Porém, posso garantir que o FFC, superou todas as nossas expectativas, pois conseguimos reunir no ginásio, cerca de 500 pessoas que vibraram com todas as lutas e em especial, para os nossos atletas da casa. Só temos a agradecer a energia positiva de cada um de vocês, que fizeram com que esse dia fosse especial tanto para nós da organização quanto para quem esteve dentro do octógono, foi incrível. Só temos a agradecer as pessoas como o Maicon Coelho e o assessor Evandro e principalmente ao Jeberton Fermino, que nos apoiaram e acreditaram no nosso trabalho, são essas pessoas, esses votos de confiança que nos dão ainda mais forças e certezas, de que estamos no caminho certo”, agradeceu.

Jéssica Sens