Por: diario | 21/07/2017

Foi veiculada na mídia na última semana a notícia de que a Prefeitura de Braço do Trombudo havia sido notificada pelo Tribunal de Contas de Santa Catarina (TC-SC) por estar atingindo o limite máximo de gastos públicos com folha de pagamento, porém, os dados foram divulgados de forma confusa à população.

Na realidade, o prefeito Nildo Melmestet (PMDB), o Colorido, e sua equipe de gestão, têm realizado esforços para minimizar este custo ao Município, sendo que a partir de janeiro, quando assumiu o comando da cidade, o percentual pago foi reduzido.

No início de 2016, último ano do mandato passado, Braço do Trombudo gastava 52,76% com pessoal, sendo que no mês de junho de 2017, última folha que se tem registro, o percentual atingiu baixa para 51,23%. Vale ressaltar que o limite legal para este gasto é de 54%, ou seja, a gestão está 2,77% abaixo do valor estipulado.

O prefeito questiona a forma como os dados vieram a público, através de um portal na internet, que segundo Colorido, não lhe deu direito de esclarecer os números no mesmo espaço utilizado. “Ele [o portal] disse que me procurou e não me encontrou na Prefeitura, mas perguntei qual funcionário que não conseguiu me localizar. Eu tenho os dados de janeiro a junho de 2017 que comprovam a redução que estamos praticando”, salientou.

O peemedebista observa ainda que o custo com recursos humanos poderia ser ainda maior, não fosse sua articulação para manter a folha no índice legal. “Ainda tivemos o aumento por Lei de mais de 7% ao funcionalismo público, eu ainda arredondei pra 8% para valorizar nossa força de trabalho”, ressalta Colorido.

O chefe do Executivo de Braço do Trombudo ainda observa que nos últimos quatro anos, a Prefeitura tem sido notificada pelo TC-SC constantemente, pois sempre atuou com folha de pagamento em seu limite. “Isso é histórico. Mas se você observar os índices, o trabalho para esta redução está sendo realizado, e de forma que não comprometa a qualidade dos serviços apresentados pelo Município”, afirmou Colorido.

 

Economia

Colorido ainda destaca que as economias realizadas por sua equipe de governo neste momento têm possibilitado a execução de obras que Braço do Trombudo demandava há algum tempo. “Neste segundo semestre temos grandes desafios pela frente, como terminar a parte nova da prefeitura, onde vai funcionar a Secretaria de Educação, com recursos próprios. Onde funciona a Secretaria hoje será uma creche, para minimizar o déficit de vagas”, diz o prefeito.