Por: diario | 27/05/2017

Prestes a completar 150 dias de Governo, o prefeito de Agronômica, César Cunha (PSDB), avalia como positiva a atuação na gestão durante o período. A otimização de recursos tem sido a forma de trabalho, além da elaboração de projetos para captação de recursos e a busca por emendas parlamentares. O prefeito que está à frente do Executivo de Agronômica pela primeira vez também assumiu interinamente a presidência da Associação dos Municípios do Alto Vale do Itajaí (Amavi).

Em praticamente cinco meses de governo Cunha viajou duas vezes para Brasília, onde foi em busca de recursos federais. A primeira viagem foi em março, período em que os deputados federais costumam fazer a destinação das emendas parlamentares. “Conseguimos valores para custeio da Saúde, que estão compromissados com o município e também conseguimos com o deputado Marco Tebaldi (PSDB) um recurso de R$ 200 mil para comprarmos um caminhão caçamba e um ônibus do senador Dalirio Beber (PSDB) com o Paulo Bauer (PSDB) ”, listou Cunha.

Durante a Marcha de prefeitos, realizada neste mês, ele retornou para o Distrito Federal para reforçar os pedidos e assegurar os recursos. “Conversamos com o Peninha, ele havia nos prometido recursos para pavimentação. A gente foi agora lá e ele confirmou que virá R$ 250 mil, a rua Humberto Kohler, que vai em direção a Valada Gropp”, comentou.

Além da Saúde, Educação e de Obras, o setor de Agricultura também tem sido colocado como prioritário no Governo. O setor agrícola é a principal atividade econômica do município. Para baratear os custos da produção rural e manter receita, a prefeitura tem concedido desconto na prestação de serviços. “A gente está investindo para dar mais apoio para a Agricultura, melhoramos o preço dos serviços que Prefeitura presta para os agricultores, dando inclusive desconto de 30% para os agricultores que emitem nota fiscal, para melhorar a movimentação econômica do município também”, explicou.

A distribuição de calcário, para correção e recuperação do solo também tem sido realizada no interior do município. “Muito se falava no município de colocar um caminhão para transportar calcário. Estamos fazendo agora com um custo barato. o pessoal tem aderido. Conseguimos o material do Estado, com a Epagri, e conseguimos viabilizar esse transporte”, afirmou.

Para dar mais visibilidade ao setor, a sede da Secretaria de Agricultura vai mudar de endereço. A estrutura será transferida do mesmo prédio da Secretaria de Saúde, para uma sala que fica em uma edificação localizada no acesso ao Centro do município e será junto à Epagri.

Amavi

César Cunha, que é o segundo vice-presidente da Amavi, assumiu a presidência interina da nesta sexta-feira (26), durante as férias do prefeito de Rio do Oeste, Humberto Pessatti (PMDB), que preside a Associação. O cargo de primeiro vice-presidente é ocupado pela prefeita de Trombudo Central, Geovana Gessner (PMDB), que abriu mão de assumir o comando interinamente. “Ela pediu, porque estava muito atarefada, me perguntou se eu poderia assumir, fiquei contente. Somos uma equipe”, falou.

O prefeito de Agronômica elogiou o trabalho que vem sendo feito pela atual diretoria da Amavi e enalteceu o trabalho de aproximação que Pessatti tem feito com os prefeitos da região. “Só vou substituir não vou tomar nenhuma decisão diferente do que está sendo tomado”, garantiu.

Albanir Júnior