Por: diario | 20/05/2018

 

Machismo X Castração

Infelizmente a maioria das vezes quem escolhe não castrar o cachorro é o homem, que acaba se projetando no cão. As pessoas precisam compreender que os cães tem necessidades diferentes dos seres humanos.


FOTO: Machismo X Castração

 

Vantagens da castração de machos e fêmeas

É o que garante um estudo feito em cães machos pelo Veterinary Medical Teaching Hospital, da Universidade da Califórnia, em conjunto com a Small Animal Clinic, da Universidade de Michigan. Bastou a cirurgia ser feita para, em grande parte dos casos, cessar o comportamento indesejado, obtendo-se uma rápida solução. Em outros casos, de maus-hábitos mais arraigados, a correção demorou mais, por exigir também um trabalho de reeducação do cão. No caso das fêmeas, as vantagens já foram citadas, como a significativa redução do desenvolvimento do câncer do aparelho reprodutor (câncer de mama, câncer no útero, câncer nos ovários, piometria). Para os machos, as vantagens são em geral comportamentais. Veja os resultados:

FUGIR – 94% dos casos foram resolvidos, 47% rapidamente.

MONTAR – 67% dos casos foram resolvidos, 50% deles rapidamente.

DEMARCAR TERRITÓRIO – 50% dos casos foram resolvidos, 60% deles rapidamente.

AGREDIR OUTROS MACHOS – 63% dos casos foram resolvidos, 60% deles rapidamente.

Quanto custa para castrar uma cadela? E um cachorro macho?

Economicamente, a cirurgia em filhotes é muito menos onerosa do que em adultos, pois consome menores quantidades de anestésicos e materiais em geral, sem ainda falar no tempo, pois a cirurgia é muito mais rápida. O preço da castração varia de veterinário pra veterinário e se a anestesia será inalatória ou injetável. Prefira sempre a anestesia inalatória, pois ela é mais segura. E exija que a castração seja feita pelo veterinário e por um veterinário anestesista. Isso é fundamental.

Castração de filhotes

Além do preço, outra vantagem em se castrar filhotes é fazer com que após a adoção, não exista o risco destes animais se reproduzirem e agravarem problema da superpopulação, pois, a maioria dos proprietários não está consciente do problema e deixa seus animais se reproduzirem sem critérios. Quando se trata da fêmea o quadro é ainda pior, pois, muitas vezes o que vemos são os donos matarem os filhotes assim que nascem ou jogá-los na rua para que morram ou sejam adotados, e quando eles sobrevivem acabam se tornando cães sem dono, passando fome nas ruas e transmitindo doenças para outros animais e mesmo para as pessoas.

Devo castrar antes do primeiro cio?

É sabido que cadelas castradas antes do primeiro cio possuem apenas 0,5% de risco de vir a desenvolver neoplasia mamária, aumentando para 8% e 26% após o primeiro e segundo cio, respectivamente. Ou seja, castrar antes do primeiro cio reduz ainda mais as chances de doenças no futuro.

Fonte: Tudo Sobre Cachorros