Por: diario | 04/01/2019

Compareceu na base policial militar de Atalanta, um homem informando que havia ocorrido um furto em sua residência. A guarnição deslocou até a Estrada Geral Ribeirão Matilde na propriedade do solicitante.

Foram visualizados sinais de arrombamento na porta dos fundos (lavação) e em uma janela dos fundos (quarto). Segundo relato, o solicitante saiu da residência no dia 28/12/2018, e foi para o litoral passar férias. No dia 30/12/2018, por volta das 00h55min recebeu uma mensagem no celular, informando que o alarme de segurança, da residência, havia disparado. A mensagem não foi visualizada na hora, motivo pela qual, não acionou a polícia.

Quer receber as notícias no Whatsapp? Clique aqui

No dia seguinte, o irmão do solicitante, que é vizinho, percebeu os arames do portão de entrada da propriedade, rompidos. Na quarta-feira (2), o solicitante retornou para a residência, e percebeu que havia sido furtada uma máquina de lavar roupas (não soube informar a marca e modelo) de cor branca, com cesto de inox e sem carambola. Foram furtados ainda três rolos de arame para solda.

No dia 15/11/2018 a mesma residência já havia sido furtada, e os modos dos furtos foram semelhantes. Na presente ocasião, os agentes levaram os pertences que se encontravam na parte externa da casa. Possivelmente, ao arrombar a porta, o alarme disparou, não sendo levado nada do interior da casa.

O solicitante e testemunhas perceberam um veículo Renault, de cor escura, rondando a casa, e após, entrando na propriedade. A Polícia Civil investigará o caso.

Por Educadora