Por: diario | 27/04/2017

O 1º Encontro Regional Sobre Altas Habilidades/ Superdotação, aconteceu nesta quarta-feira (26) no Parque Norberto Frahm, em Rio do Sul, promovido pela Fundação Catarinense de Educação Especial (FCEE), em parceria com o Núcleo de Atividades de Altas Habilidades/Superdotação, com o apoio da Agência de Desenvolvimento Regional (ADR).

O evento foi dirigido aos educadores do Alto Vale do Itajaí que lidam com alunos superdotados, dando informações técnicas a respeito da identificação e do atendimento adequados às necessidades educacionais especiais de pessoas com altas habilidades.

Segundo o diretor de Pesquisa, Ensino e Extensão da FCEE, Pedro de Souza, além de aspectos didáticos, debateu-se assuntos correlatos à educação especial, como o da desmistificação de crenças equivocadas acerca deste assunto, para que a sociedade possa valorizar e apoiar os talentos de nosso Estado, que calcula-se em 40 mil educandos com altas habilidades ou superdotados.

“A partir deste encontro iremos aplicar instrumentos de avaliação para atender a este segmento. É evidente a necessidade urgente de unir esforços para promover meios e instrumentos que identifiquem este público e implantar o atendimento educacional especializado”, afirmou Souza.

A gerente regional de Educação, professora Kátia Brasil, diz que a interação entre Gerencias de Educação e a FCEE, difunde as ações em prol dos superdotados, que estavam ignorados até então, e nosso Estado é pioneiro nestas ações que buscam resgatar indivíduos com altas habilidades, os superdotados, com ganhos para eles próprios, suas famílias e a sociedade.

José Boiteux está em festa!

Vidal Ramos intensifica vacinação

Peixes grandes do tráfico são presos

Alto Vale adere a mobilização nacional