Por: diario | 07/03/2018

De acordo com a reportagem do G1, a produção de petróleo do Brasil em janeiro foi de 2,615 milhões de barris por dia (bbl/d), alta de 0,1% ante dezembro, porém teve queda de 2,7% em relação ao mesmo período do ano passado, de acordo com dados divulgados nesta segunda-feira (5), pela Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP).

O recuo ocorreu em meio a uma queda na produção da Petrobras devido a uma parada para manutenção na unidade no Parque das Baleias, na Bacia de Campos. Do total de petróleo produzido no país em janeiro, a estatal respondeu por aproximadamente dois milhões de barris.

A produção de gás natural totalizou 112 milhões de metros cúbicos por dia, uma redução de 0,84% em comparação ao mês anterior e aumento de 2,3% frente à janeiro de 2017.

Considerando-se apenas o pré-sal brasileiro, a produção totalizou 1,723 milhão de barris de óleo equivalente por dia (boe/d), alta de 2,3% na comparação mensal, respondendo por 51,9% do total produzido no Brasil.

Segundo a Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis, o país produziu 1,381 milhão de barris de petróleo por dia e 54 milhões de m³ diários de gás natural por meio de 85 poços no pré-sal, uma das maiores províncias petrolíferas descobertas do mundo na última década.

A ANP destacou que o campo de Lula, na Bacia de Santos, foi o maior produtor de petróleo e gás natural, produzindo, em média, 842 mil bbl/d de petróleo e 35,4 milhões de m³/d de gás natural.

Segundo a reguladora, a produção média de petróleo da Petrobras, como concessionária, em janeiro foi de aproximadamente de 2,508 milhões de boe/d. Já a Shell, segunda maior produtora do Brasil e principal parceira da Petrobras, produziu em janeiro 405,4 mil boe/d.

 

 

Receba primeiro as notícias do Jornal Diário do Alto Vale, faça parte do grupo de whatsapp. Clique aqui