Por: diario | 12/01/2018

A Corporação dos Bombeiros Voluntários de Presidente Getúlio, divulgou ontem (11), o relatório estatístico de ocorrências atendidas no ano de 2017. De acordo com os dados disponibilizados, foram atendidas 2120 ocorrências entre atendimento pré-hospitalar, combate a incêndios e situações extraordinárias.

Os atendimentos extraordinários, em que são classificados os salvamentos em mata, busca e resgate aquático, cortes de árvores, capturas de animais e outros, somaram 197 ocorrências. O combate a incêndios, classificados em vegetação, reflorestamentos, residências, industrias, veicular e outros, tiveram soma total de 62. Neste caso, o mês de maior incidência em número de incêndios se destacou no mês de dezembro, onde 11 casos foram atendidos, sendo que a média mensal dos demais meses foi de 5 atendimentos.

A área de maior demanda de atendimentos prestados pela corporação, é o atendimento pré-hospitalar que são os casos clínicos, acidentes de trânsito, traumas, agressões e outros da área. Somente em 2017 foram prestados 1861 atendimentos, diferente de 2016 onde foram contabilizadas 1701 ocorrências.

Os casos de quedas de moto, tiveram destaque. Em 2016 foram atendidos 46 casos e em 2017, 62 casos. Os casos de colisão envolvendo carro e moto tiveram queda no ano passado. Em 2016 foram atendidos 70 casos e em 2017, 56. Os incêndios em estufa também diminuíram em 2017, a decorrência maior era nos meses de novembro e dezembro.

A corporação atende os municípios de Presidente Getúlio, Dona Emma, Witmarsum e presta apoio para os Bombeiros Voluntários em Vitor Meireles.