Por: Guilherme Reginatto | 12/02/2019

Quinta-feira acontece a primeira reunião da nova diretoria da Liga com os clubes, e um pacote com várias mudanças será apresentado, entre elas:
1 – Premiação em dinheiro aos campeões.
2 – Padronização de bolas para todos os jogos.
3 – Capacitação da arbitragem.
4 – Nova identidade visual com logomarca remodelada além de um novo site que trará informações como inscrição de jogadores e súmula dos jogos.
5 – O calendário da Liga Riosulense será montado em parceria com a Liga Vale Norte para evitar conflito.
6 – Fórmula de disputa (essa é, na minha opinião, a mudança mais importante). A ideia para esse ano é “rankiar” os clubes nas primeiras rodadas, os 12 melhores disputarão a Liga Ouro e o restante vai disputar a Liga Prata. Não haverá limite máximo de clubes, podem participar quantos desejarem. Para o ano que vem, haverá série A e B. A série A terá 16 equipes e será composta pelos 12 clubes que disputarão a Liga Ouro desse ano mais os 4 melhores da Liga Prata, o restante joga a série B. Na série A serão aceitos 4 “estrangeiros” já na série B o clube deverá ser formado apenas por jogadores da casa e contar ainda com 3 jogadores sub-20. O objetivo é trazer competitividade além de abrir espaço para equipes com pouco recurso para investimento.

Sem clubismo

Tem momentos que o nome e as cores do clube precisam ficar de lado e a razão deve ser mais forte que a emoção. Após o incêndio no Ninho do Urubu, ler comentários clubistas nas redes sociais me entristeceu. Como pode alguém ainda pensar em rivalidade em um momento como esse? Fazer piada então, nem se fala! Parabéns aos clubes como Fluminense, Vasco e Botafogo que mesmo sendo rivais prestaram apoio em meio à dor. Já os torcedores (falo de uma minoria barulhenta, pois a grande maioria é consciente e respeitou o luto) esses só tenho a lamentar.

Coincidências da vida

Justamente no fim de semana da maior tragédia da história do Flamengo com a perda de 10 garotos da base, Vinícius Júnior, Paquetá e Vizeu, últimos três nomes a serem revelados pelo clube, brilharam nos gramados. Vinícius Júnior foi eleito o melhor em campo no clássico de Madri entre Real e Atlético, Paquetá fez seu primeiro gol com a camisa do Milan, e Vizeu marcou um golaço de fora da área no ângulo na vitória que deu o título da Recopa Gaúcha para o Grêmio sobre o Avenida.

Com o pé direito

O ciclismo de Rio do Sul passou por uma reestruturação e começou o ano com o pé direito. O coordenador da equipe, Alair Xavier, esteve com os atletas em Balneário Piçarras onde aconteceu a segunda etapa do campeonato catarinense de Mountain Bike. O time rio-sulense fez bonito com uma dobradinha, campeão e vice no geral com Jair dos Santos e Rafael Murara, novos membros da equipe. Rio do Sul ainda levou o título por equipes. Alair também competiu mas como está voltando de uma grave lesão apenas completou a prova com o objetivo de ganhar ritmo de competição.

Atenção molecada!

Você aí que é garoto e tem o sonho de ser um jogador de futsal ou você, papai, que quer colocar seu filho nas quadras, se liga:
A FMD de Rio do Sul e o Colégio Ruy Barbosa, estão à procura de jovens talentos do futsal para reforçar a equipe para as competições estaduais e regionais de 2019. Por isso vai rolar essa semana uma peneira na categoria Sub-15 para atletas de Rio do Sul e do Alto Vale (nascidos em 2004 e 2005), vale lembrar que a equipe Sub-15 do município é atual vice-campeã do Campeonato Catarinense de Futsal. Os testes serão realizados pelo técnico João Régis Nunes no Ginásio de Esportes do Colégio Ruy Barbosa na quarta-feira (13) e sexta-feira (15) sempre às 14h. Qualquer dúvida é só falar com o Régis no fone 47 98807-6320.