Por: Guilherme Reginatto | 27/10/2018

Para o Palmeiras sim, afinal, se vencer o Flamengo nesse sábado (27), praticamente sacramenta o título brasileiro deste ano. Para o Fla, o jogo não vale como uma final pois mesmo com a vitória o clube carioca não ultrapassa o paulista, mas de qualquer forma precisa ser encarado como tal. O empate favorece, e muito, o verdão. Aos rubro-negros só a vitória importa. Há uma expectativa em relação aos jogadores que Felipão irá escalar, já que conta com alguns desfalques e tem ainda a decisão contra o Boca pela semi da Libertadores na quarta-feira (31). Do lado do Flamengo não tem mistério, o meia Diego deve permanecer no banco enquanto o goleiro Diego Alves segue fora do grupo, ele foi multado em 30% do salário e ainda não pediu desculpas ao elenco. Promete ser um jogo de qualidade, assim esperamos.

Abre o olho

Com as vitórias de Sport e Ceará, a briga pela parte de baixo da tabela está cada vez mais aberta. A única equipe que está praticamente rebaixada é o Paraná, de resto, tudo pode acontecer. Se o Ceará continuar nessa pegada, deve escapar da degola, e aí a batata de Vasco, Botafogo, América-MG e Vitória começa a assar. Se Chape e Sport resolverem reagir então, a cobra vai fumar de vez. Vale a pena ficar de olho nessa briga.

Temporada impecável

Ao completar a última etapa do circuito Caixa de Natação, o paratleta Bruno Becker, que representa a FMD de Rio do Sul, superou todas as expectativas criadas no início do ano. Ao longo da temporada, Bruno bateu 14 recordes, sendo nove brasileiros, três americanos e nada menos que dois mundiais. Em termos de medalhas, foram 30 conquistadas, 26 delas de ouro. Pra fechar, ele levou ainda um prêmio de expressão nacional, o Toyp JCI 2018. Bruno trabalha agora para conseguir uma vaga no ParaPan de Lima no ano que vem. Parabéns ao Bruno, ao seu treinador Alan Helbock e ao pai e principal incentivador Edson Silva.

Convocou e criticou

Tite convocou na última sexta-feira a seleção brasileira para os próximos amistosos. Na lista, nomes que poderiam ser lembrados, mas que estarão disputando jogos decisivos pelo brasileirão, ficaram de fora. Questionado, Tite fez uma crítica indireta à CBF. Sem citar o nome da entidade o treinador disse que o calendário brasileiro prejudica a todos. Será que a CBF vai levar em consideração? Duvido.

Tá com tudo

O técnico Renato Gaúcho tá mesmo com moral hein. Depois de desbancar o River em pleno Monumental de Nuñes sem Luan e Everton, o técnico apareceu na lista dos 50 melhores treinadores do mundo pela revista inglesa Four-Four-Two. Renato aparece na 28ª posição à frente de nomes como Unai Emery do Arsenal, e Nico Kovac do Bayern de Munique. Pra se ter uma ideia de como a bola do gaúcho tá cheia, ele está pertinho de Mourinho, 25º da lista.