Por: Cláudio Prisco Paraíso | 21/02/2019

Provável futuro presidente do PSDB, o segundo suplente de senador e ex-prefeito de Imbituba, Beto Martins, entrou em contato com o blogueiro. Lamentou o desembarque de Napoleão Bernardes, que está de saída do ninho. Assim como outras lideranças, Beto Martins considera que o ex-alcaide blumenauense era a grande aposta do PSDB para o futuro. Martins fez questão de frisar que seu nome surgiu naturalmente, como uma solução de consenso. Assegura que não fez qualquer movimento para ser e muito menos se impor como candidato a presidente da seção estadual tucana. E que jamais pensou em inviabilizar as pretensões internas de Napoleão. O suplente de senador de fato desfruta de bom trânsito com a cúpula do PSDB-SC e com os dois ex-senadores, Paulo Bauer e Dalirio Beber.

Novo rumo
O movimento de Napoleão Bernardes é de realinhamento com outro grupo político, que tem como expoente o presidente da Alesc, Júlio Garcia, e se desvincula definitivamente de Dalirio Beber.

No Vale
A expectativa agora, além da definição do destino partidário, é saber como ficará a relação política entre Bernardes e seu sucessor em Blumenau, Mário Hildebrandt. Pessoalmente, os dois se dão bem. O grupo do ex-tucano, contudo, acabou se distanciando da administração atual na cidade e saindo da prefeitura.

Nitroglicerina
Secretário da Fazenda, Paulo Eli, confirmou, diante de quase 40 deputados estaduais, na terça-feira, aquilo que já havia revelado, em primeira mão, ao colunista no SBT Meio Dia de terça-feira passada: a situação fiscal do Estado é gravíssima e não há disposição, no Centro Administrativo para a manutenção dos benefícios fiscais que foram revogados por decreto no fim de 2018.

Passos de tartaruga
O deputado Federal Daniel Freitas está empunhando a bandeira da duplicação da BR-470, uma novela mexicana que se arrasta a passos de tartaruga. Em sessão plenária esta semana, ele cobrou celeridade às obras. A duplicação é fundamental para o setor produtivo do Estado.

Artéria
A rodovia é, historicamente, uma das principais ligações entre o Planalto e o Oeste catarinense ao litoral. É a “artéria” do Vale do Itajaí e também uma das mais importantes vias de acesso ao Porto de Itajaí e ao Aeroporto de Navegantes, sendo a principal via de escoamento da produção da região Oeste, Meio Oeste e Vale do Itajaí.

Aliás
Daniel Freitas tem atuado política e quando possível, parlamentarmente, em fina sintonia com o deputado estadual Felipe Estevão, que está em Brasília. Ontem, os dois cumpriram intensa agenda de trabalho na esplanada e no Congresso Nacional.

Confusão
O escritório Macrorregional da Celesc da região Sul sempre foi em Criciúma. Este ano, o novo governo resolveu que queria trocar a sede para Tubarão, terra do governador Carlos Moisés e do presidente da Celesc, Cleicio Martins.

Houve um levante dos políticos criciumenses e a companhia elétrica resolveu voltar atrás, mantendo tudo como dantes no Quartel de Abrantes. Desgaste desnecessário a todos os envolvidos direta ou indiretamente e que poderia ter sido evitado.