Por: smart | 27/04/2019

Photo by LauraHale >>> CC BY-SA 3.0 >>> CAPTION: “Filipe Luís, um dos maiores laterais da história do Atlético de Madri”

Com área territorial de 95.346 km², Santa Catarina, segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), é o 20º Estado em tamanho territorial e 11º em número de habitantes (7.001.161 milhões).

Se comparado a outros Estados, Santa Catarina não está entre os territórios mais populosos do país. Porém, isso não foi uma barreira para que diversos catarinenses conquistassem posições de destaque no esporte de alto nível nos últimos anos.

Como há esportistas catarinenses de êxito internacional espalhados em modalidades distintas, destacamos três atletas do estado com sucesso em três esportes completamente diferentes: arremesso de peso, poker e futebol.

Darlan Romani, atleta arremessador de peso

Com participação nos Jogos Olímpicos do Rio (2016) no currículo e importantes conquistas na carreira, o catarinense Darlan Romani, 27, é o maior nome do arremesso de peso do Brasil na atualidade.

Photo by  Fernando Frazão/Agência Brasil >>> CC BY-SA 3.0 BR >>> CAPTION: “Darlan Romani nos Jogos Olímpicos do Rio”

No ano passado, no Prêmio Brasil Olímpico, evento anual organizado pelo Comitê Olímpico do Brasil (COB) e que premia os destaques do esporte brasileiro, Romani recebeu o prêmio de melhor atleta do país em 2018.

Um dos principais resultados do catarinense em 2018 foi a conquista da medalha de ouro no arremesso do peso na Copa Intercontinental da IAAF (antiga Copa do Mundo). O evento foi realizado em Ostrava, na República Tcheca, e contou com grandes atletas do arremesso de peso.

Com marca de 22,00 m alcançada no Troféu Brasil Caixa de Atletismo, o atleta natural de Concórdia terminou o ano passado como recordista sul-americano e com o 5º no Ranking Mundial de 2018.

De olho nas Olimpíadas de 2020, que será realizada em Tóquio, no Japão, Romani já está garantido no Jogos Pan-Americanos de 2019, evento que terá sede em Lima, no Peru. Com grandes desafios se aproximando, ele iniciou 2019 com o pé direito e já tem uma das melhores marcas do ano (21,83 metros).

“A boa campanha do ano passado só aumenta a minha responsabilidade. Para me manter e melhorar meu nível internacional tenho de arremessar sempre acima dos 21 metros e espero isso nas etapas da Liga Diamante (Diamond League), no Pan e no Mundial”, disse Darlan Romani em entrevista divulgada pela Confederação Brasileira de Atletismo (CBAt).

Geraldo Cesar Neto, atleta de poker

Nome de destaque no poker online brasileiro, Geraldo Cesar Neto é o melhor competidor do Brasil nos feltros online e atualmente está entre os 13 melhores do mundo, de acordo com ranking divulgado pelo site PocketFives.

Photo by  unknown >>> PokerNews >>> CAPTION: “Geraldo Cesar Neto está no topo do poker nacional”

Estar no topo do ranking do poker online brasileiro é um feito que pouquíssimos atletas conseguem. Para se ter uma ideia, segundo dados da Confederação Brasileira de Texas Hold’em, há mais de oito milhões de praticantes de poker no país.

A ascensão do catarinense no poker de alto nível aconteceu de forma rápida. Até dezembro de 2012 ele trabalhava em um grande banco como analista de sistemas, mas decidiu tentar uma carreira diferente quando viu que tinha potencial no esporte das cartas.

“Trabalhei por oito anos em um grande banco como analista de sistemas e esse grande banco fez uma junção com outro maior ainda e as promessas feitas no passado não se concretizavam, então decidi pedir para ser mandado embora. Eu já tinha visto o quão lucrativo podia ser em torneios live. Como já em alguns meses já estava ganhando mais que o salário do banco, que era um salário bem legal, decidi tentar (algo sério no poker)”, conta ele em entrevista para o site MaisEV.

Uma das maiores conquistas da carreira de Cesar Neto veio no ano passado. No Evento #10 do Campeonato Mundial de Poker Online 2018, ele superou mais de cinco mil competidores para conquistar o título internacional. Ele ainda ajudou o Brasil a terminar na liderança da classificação por países no mundial, feito inédito para o país.

Filipe Luís, lateral-esquerdo do Atlético de Madrid

Presente na lista dos convocados da última Copa do Mundo pela seleção brasileira e com bela trajetória no futebol internacional, Filipe Luís é natural de Jaraguá do Sul. O jaraguaense é um dos maiores laterais da história do Atlético de Madri e homem de confiança do técnico Diego Simeone.

Tudo começou em 2013, quando Filipe Luís foi revelado pelo Figueirense. O bom começo do lateral no clube catarinense chamou a atenção do Ajax-HOL e o lateral foi vendido rapidamente para o futebol holandês em 2004.

Ainda muito jovem, o atleta não teve oportunidades no Ajax, mas ganhou grande destaque no futebol espanhol. Ele ficou de 2006 a 2010 no Deportivo La Coruña, onde foi eleito pela UEFA como o melhor lateral-esquerdo do Campeonato Espanhol (temporada 2008/09).

As ótimas atuações pelo Deportivo La Coruña levaram o catarinense para Atlético de Madri em 2010. Com a chegada de Simeone no comando do time em 2011, o nível de produção de Filipe Luís cresceu junto com a equipe, que hoje é considerada uma das maiores do futebol mundial.

“Sou um grande admirador de Simeone. Ele me conhece melhor do que o meu próprio pai”, disse o catarinense em entrevista para a imprensa espanhola.

No ano passado, o Paris Saint Germain-FRA tentou contratar Filipe Luís, mas Simeone vetou a saída do atleta e destacou sua importância para a equipe: “Depois de sete anos, com o amor e carinho que temos demonstrado, não há necessidade de dizer o que sentimos um pelo outro. O importante é que eu quero o melhor para ele, mas também o melhor para o time.”

Pelo Atlético de Madri, o lateral-esquerdo tem grandes títulos no currículo. São duas conquistas da Liga Europa da UEFA e duas da Supercopa da UEFA, assim como uma La Liga, uma Copa do Rei e uma Supercopa da Espanha.

Photo by  Антон Зайцев >>> CC BY-SA 3.0 >>> CAPTION: “Diego Simeone teve importante participação na permanência de Filipe Luís no Atlético de Madri”

Pela seleção brasileira, além da participação na Copa do Mundo de 2018, o jaraguaense já entrou em campo com a camisa amarela pela Copa América, Copa das Confederações e Eliminatórias para a Copa do Mundo.

Atletas de renome internacional

Com uma série de atletas de destaque mundial repletos de conquistas em diversos esportes de alto nível, Santa Catarina e seus residentes têm muitos motivos para se orgulhar.