Por: diario | 12/01/2019

O programa Saúde do Trabalhador, realizado pela Secretaria de Saúde de Presidente Getúlio, tem novidades, para 2019. Iniciado em 2017, o projeto consiste em facilitar as consultas de funcionários de empresas, levando o atendimento até o local de trabalho e assim diminuir a demanda de consultas nos postos de saúde do município. A intenção é de que com o número reduzido de consultas nos postos, as unidades possam dar mais atenção à atividades de prevenção e promoção de saúde aos grupos prioritários do município.

Segundo a secretária de saúde, Iara Possamai, neste ano a novidade será o atendimento também aos servidores públicos de Presidente Getúlio. “A gente começou com o programa Saúde do Trabalhador aqui na Secretaria de Saúde e começamos a atender as empresas. Neste ano sentamos com a médica e a enfermeira que fazem parte do programa, decidimos ampliar o atendimento aos servidores público”, conta.

Ela explica também que os atendimentos serão organizados junto ao responsável de cada setor e que devem iniciar já na próxima semana, no dia 14. “A própria enfermeira vai entrar em contato com os setores e cada secretariado e vai agendar o atendimento dos funcionários no próprio setor. É obras, educação, agricultura e os funcionários serão atendidos no local de trabalho deles. Provavelmente serão consultas semanais, eles vão avaliar a necessidade de cada funcionário. Os atendimento já começam na semana que vem, no dia 14”, explica Iara.

O objetivo principal, segundo a secretária é diminuir o número das consultas nos postos, possibilitando que atividades, também importantes para a área, possam ser desenvolvidas. “O nosso objetivo é diminuir as demandas de atendimento nos postos de saúde, porque a gente tem uma demanda muito alta e a gente quer trabalhar muito a prevenção, a promoção nos postos de saúde com grupos e com essa demanda alta de consultas, o médico fica focado só na consulta, a gente não consegue trabalhar o resto que é importante para a atenção básica. Fazendo essas consultas do Saúde do Trabalhador nas empresas e agora com o funcionário público a gente acaba diminuindo essa demanda nos postos de saúde e consegue trabalhar a questão de prevenção e promoção de saúde com os pacientes”, conta.

Outra novidade dentro do projeto são as vacinas. Agora, as imunizações também serão realizadas dentro das empresas e organizações públicas. “A imunização também está sendo levada para as empresas, isso também para tirar a demanda dos postos de saúde. Tudo o que a gente conseguir fazer para o funcionário, tanto de empresas quanto funcionário público, no local de trabalho dele, a gente vai fazer”, diz.

O projeto já atende 20 empresas getulienses, beneficiando diretamente mais de 600 funcionários. A secretária adianta ainda que em março o atendimento psicológico também passará a ser realizado dentro do programa. “Acreditamos que em março nós teremos uma psicóloga que também estará anexada ao projeto Saúde do Trabalhador e vai trabalhar a parte do atendimento psicológico, pois hoje temos uma demanda muito alta de medicamentos psicotrópicos no município e queremos trabalhar isso também dentro das empresas”, finaliza Iara.

Susana Lima