Por: diario | 17/07/2018

Aconteceu neste fim de semana, no Centro de Eventos Herança Tropeira em Pouso Redondo, a Assembleia da União de Câmaras e Vereadores do Alto Vale do Itajaí (UCAVI). O evento organizado pela casa representada pelo presidente Samuel Rocha, trouxe além das discussões das Moções, a palestra sobre “Processo Legislativo Municipal, Emendas Impositivas e Alterações na Lei de Licitações”, com o consultor jurídico da União de Vereadores do Brasil (UVB), de Brasília, Dr. André Camilo.

Entre as Moções apresentadas, o presidente da Câmara de Rio do Sul, James Rides da Silva, pediu a reestruturação e reativação do Presídio de Ituporanga, o que ajudaria na falta de vagas no Presídio Regional de Rio do Sul.

 

Quer receber as notícias no Whatsapp? Clique aqui

 

“As pessoas após cometerem delitos, crimes, são levadas à delegacia e ficam algemadas nas cadeiras ou uns aos outros, com policiais civis para ficarem vigiando, e nós deixamos de ter policiais nas ruas, fazendo processos investigativos, trabalhos ostensivos, e isso nos preocupa. Eles cometeram crimes e tem que ser tratados à rigor da Lei, mas também não são lixo, são seres humanos”, disse James durante o uso da fala.

Importância das Assembleias

De acordo com o presidente da União dos Vereadores do Brasil (UVB), Gilson Conzatti, as Assembleias que a UCAVI proporciona, são extremamente importantes para a população. Pois com elas as Moções são apresentadas, discutidas e aprovadas com mais agilidade, da mesma forma que o retorno para os municípios.

“A importância de Assembleias como essa da UCAVI, é extremamente positiva na medida e forma em que eles atuam. Primeiro é feito a saudação com o presidente da casa, depois são lidas as Moções que são discutidas, apresentadas e votadas. Acho que esse é o grande lance de sucesso da UCAVI, é uma entidade que representa a região. Na medida em que essas Assembleias regionais acontecem, mensalmente, os resultados são melhores com moções aprovadas e encaminhadas com respostas positivas diretas à população”, disse o presidente da UVB.

“O vereador tem as funções específicas, que é legislar as questões municipais e fiscalizar o poder Executivo. Mas os vereadores podem muito mais. Na medida em que são os representantes da população e com a união de maior volume, nós temos que usar desta força para atender as demandas regionais também. A comunidade toda está representada na Câmara de Vereadores. Quando se tem o pensamento de União das Câmaras e de construir algo junto, aí sim a União se torna um sucesso”, concluiu Conzatti.

Em conversa com o presidente da UCAVI, Adriano Coelho, ele ressaltou que a União dos vereadores é essencial para conseguir viabilizar recursos. E que neste âmbito, as diárias tem sim uma grande importância. Até porque se o vereador vai em loco tentar um recurso, a possibilidade de conseguir é bem maior. Adriano frisou também a importância da qualificação dos vereadores.