Por: diario | 1 mês atrás

O Centro de Educação Infantil, Dóres Janke Stupp, na rua XV de novembro em Rio Sul, que teve uma área externa interditada por causa de rachaduras que apareceram logo após a entrega da obra, em abril de 2017, vai receber melhorias por parte da empreiteira que finalizou o projeto.
Na época, após os problemas, a prefeitura chegou a acionar a empresa na justiça, mas não foi necessário a conclusão do processo porque a construtora se comprometeu em realizar as melhorias.

Por meio da Assessoria de Comunicação o Município declarou que os problemas não afetaram a estrutura.“Especificamente na parte da área externa, onde não há edificação, passou a ter problemas de rachaduras. A administração acabou interditando aquela área específica e entrou em contato com a empresa responsável pela finalização do CEI Dóres Janke Stupp”, explicava a nota.

Depois das tratativas e contatos realizados para solucionar o problema, que poderia colocar em risco o local, além das crianças e funcionários que frequentam o espaço, a empreiteira se comprometeu em realizar o serviço. “Fizeram uma parte e foi verificado que está tudo certo. Ainda restam outras adequações, em que a empreiteira está negociando com a prefeitura, de que forma serão feitas”, informou a assessoria.

Inicialmente, conforme revela a nota, a prefeitura chegou a pressionar a empreiteira com uma ação judicial, porém ela não foi necessária, já que a empresa vem dialogando de uma boa forma com a administração. Agora a expectativa é em relação a essa parte final que precisa ser terminada.
A assessoria destacou que ainda falta a construção de um muro de contenção no CEI. “Esta obra está em negociação, até porque o orçamento precisa ser acompanhado pela prefeitura, mas há uma expectativa que comece ainda neste semestre”, disse.

Tatiana Hoeltgebaum