Por: diario | 28/07/2016

O ituporanguense Leandro Rossi será um dos representantes do Alto Vale nos Jogos Olímpicos que iniciam no próximo dia 5 no Rio de Janeiro. Atuando como diretor de esportes, Rossi será voluntário na maior competição esportiva do mundo que segue até o dia 21 de agosto, onde trabalhará na Barra da Tijuca, nas disputas do levantamento de peso.

O esportista que também é empresário é mais um voluntário entre os 50 mil que foram selecionados pelo Comitê Rio 2016. Sua viagem está marcada para os próximos dias, quando segundo Leandro seu grupo de trabalho já se reúne no domingo. “Tenho que ir antes para pegar credencial, uniforme e espero que nesse período eu traga bastante experiência, principalmente na área de lutas e no próprio levantamento de peso, onde vou trabalhar, além das ginásticas, espero trazer algo novo, buscar experiências em novas modalidades para não ficar apenas em cima do futsal e vôlei, por exemplo, Rio do Sul é uma grande potência no atletismo e queremos seguir os passos e correr atrás de novas modalidades”, comentou.

Leandro se tornou voluntário após uma prova presencial que precisou fazer em Florianópolis. Antes disso, ele também se inscreveu em um site e acompanhou uma palestra. “A partir da prova nós já sabíamos o que iríamos fazer e qual modalidade íamos trabalhar. É muito importante o trabalho do voluntário nas Olimpíadas, porque é um aprendizado para quem vai e um custo benefício para quem organiza. Vou trabalhar no levantamento de peso no Pavilhão II e III Rio Centro, então vou estar bem dentro do maior complexo de esportes das Olimpíadas”, falou.

O diretor de Esportes já participou dos jogos Pan-Americano também no Rio de Janeiro em 2007. Na época, ele trabalhou como enxugador de quadra e boleiro no Maracanãzinho onde aconteciam as disputas no vôlei. “Foi uma experiência muito boa, onde fiz novas amizades e conheci novas modalidades e estilos de atletas, por exemplo, o que a delegação de cada país estava passando de coisas novas para os atletas no sentido das competições e também da tática das equipes, trabalhando toda questão de peso e outros detalhes”, explicou.

Leandro explicou que além das disputas do levantamento do peso, no mesmo local serão realizadas as disputas da ginástica rítmica, artística, ciclismo e artes marciais. Como diretor de esportes, o esportista acredita que a viagem tem muito o que agregar, principalmente pensando no futuro de algumas modalidades em Ituporanga. “Eu como diretor de esportes do município tenho muito a trazer, boas novidades e uma bagagem bem boa para ser aplicada por aqui, porque sei que é uma oportunidade única ter as Olimpíadas no Brasil, por isso, vou tentar trazer o máximo de conhecimento possível. Como vou trabalhar num polo de esportes, vou tentar visitar e agregar experiência de outras modalidades a fim de ter um conhecimento e aplicar aqui futuramente. Vamos ver se conseguimos bons contatos até com outras delegações para poder ajudar o esporte da nossa região, então é muito importante para Ituporanga, porque é uma experiência única”, disse.

Leandro concluiu agradecendo sua família e seu filhos, ressaltando que sua ida para o Rio de Janeiro não será um passeio. “Minha viagem é totalmente profissional, é um aprendizado e experiência que depois iremos repassar pra cá”, finalizou.

Voluntários foram verificados

Pelo menos 2,5 mil brasileiros e estrangeiros foram excluídos do grupo que irá trabalhar como voluntários do evento, depois de apresentarem algum tipo de impedimento na ficha de inscrição. Oficialmente, os motivos alegados para o veto são muitos: de falta de perfil para executar a função, passando pela ausência de documentação necessária e até situações mais graves, como candidatos com anotação criminal. Entre os candidatos foram encontrados até quem era procurado pela polícia, com mandado de prisão expedido.

Além deles dos voluntários, todas as pessoas que vão trabalhar nos Jogos estão passando por checagens dos agentes da Polícia Federal, da Interpol, da Secretaria Extraordinária de Grandes Eventos, do Ministério da Justiça e da Abin.