Por: diario | 06/12/2018

Depois de reivindicação da população, a Centrais Elétricas de Santa Catarina (Celesc) inaugurou nesta quarta-feira (5) em Salete, um alimentador de distribuição de energia elétrica que vai beneficiar cerca de seis mil clientes da região do Vale Oeste. A solenidade aconteceu na Câmara de Vereadores e contou com a presença de autoridades e representantes da empresa.

De acordo com o chefe da Agência Regional da Celesc de Rio do Sul, Manoel Arisoli Pereira, os investimentos são de R$ 2, 7 milhões com a substituição de toda a rede de energia antiga, num total de 305 postes, em uma extensão de 17,2 quilômetros, que vai da subestação de Taió até o município de Salete, às margens da SC-414.

Ele explicou que essa era uma reivindicação antiga da população, já que a comunidade sofria com quedas constantes de energia.

“Há vários anos a comunidade de Salete e parte de Rio do Campo, reivindicava um atendimento diferente da Celesc, no tocante de energia elétrica dessas regiões. Em 2016 e 2017, na Câmara de Salete, a gente teve audiências públicas, discutindo as faltas de energia elétrica que aconteciam no município, e a diretoria da Celesc foi sensível ao apelo da comunidade e autorizou a construção de um novo alimentador de energia elétrica, uma rede expressa, construída toda ao longo da SC-114, sendo que foi concluída dentro do prazo para que se melhore todos os indicadores e os índices de qualidade e continuidade aqui desses municípios”.

Quer receber as notícias no Whatsapp? Clique aqui

A estrutura instalada conta com nova tecnologia de rede compacta, que confere mais resistência a intempéries, objetos e galhos de árvores sobre os cabos, que até então, eram um problema comum na região.

“O cabo é coberto, uma tecnologia nova onde possui o isolamento para 1.000 volts, é mais resistente à intempéries climáticas e ela foi toda construída sem precisar desligar a energia elétrica, ou seja, a comunidade não sentiu a falta de energia durante a transição e com isso o que se traz é a apenas o benefício, porque normalmente uma obra pública traz muito transtorno no período da construção e aqui a comunidade não sentiu isso”.

O novo traçado vai facilitar os serviços de operação e manutenção do sistema, pois agora será possível a aproximação das equipes motorizadas às redes, já que antes, a rede de foi construída fora do traçado da rodovia, em áreas que não permitiam a chegada dos veículos.

“O alimentador antes passava no meio de arrozeiras, longe da pista da SC, o que trazia muita dificuldade para operação. Agora a Celesc atendeu todos os índices de qualidade que eram pedidos, que antes eram ruins, afinal de contas demorava-se muito para fazer o restabelecimento porque estava fora pista, e as equipes tinham que se deslocar até o poste e antes a rede sofria muito com eventos climáticos, descargas elétricas que ocasionavam a queda de energia”, detalhou o diretor de Geração, Transmissão e Novos Negócios da Celesc de Florianópolis, Régis Evaloir da Silva.

Além de a estrutura ser mais resistente, o novo alimentador também conta com banco de regulador 50% mais potente que os da antiga rede, passando de 200 para 300 amperes. Desta forma, fica mantida a qualidade o nível de tensão que chega às unidades consumidoras.

“Foi um trabalho muito bem feito, as empreiteiras contratadas fizeram um trabalho excelente, com rapidez e toda segurança necessária e a rede além de trazer toda essa qualidade ainda ficou esteticamente bonita para nossa cidade”, disse a prefeita de Salete, Solange Schlichting, a Chica.

O prefeito de Taió, Almir Guski, disse que o investimento vai trazer mais desenvolvimento para a região do Vale Oeste e que vai solucionar os problemas enfrentados até então.

Além dos R$ 2,7 milhões a Celesc ainda investiu R$ 200 mil para a substituição de um regulador de tensão de 200 para 300 amperes, R$ 68 mil na instalação de um religador na saída de Salete e R$ 83 mil de melhorias com cabo coberto na rua Mathias Loch.

Elisiane Maciel