Por: diario | 16/03/2018

O Presidente da Assembleia Legislativa, deputado Aldo Schneider (MDB), iria assumir o governo do Estado no dia 22 de março. O governador em exercício, Eduardo Pinho Moreira, faria uma viagem em missão oficial à Coreia do Sul. No país asiático, o objetivo era negociar a vinda de uma empresa daquele país a Santa Catarina. Aldo ficaria como governador interino até o dia 2 de abril, em um período de 10 dias.

Porém, no final da manhã de terça-feira (14), Aldo Schneider participou de uma audiência com Pinho Moreira, onde o governador em exercício cancelou a missão à Coreia do Sul.

Aldo, portanto, não assumirá mais no dia 22 de março o governo do Estado. Ficou acertado que o deputado terá a oportunidade de ser governador interino por 30 dias. Mas isso somente ocorrerá depois das eleições de outubro.

Roteiro no Alto Vale

O Presidente da ALESC cumpriu agenda no Alto Vale do Itajaí na sexta-feira (9), junto com o Deputado Federal Rogério “Peninha” Mendonça (MDB).
A primeira cidade visitada foi Imbuia. Junto com o Prefeito João Schwambach, Aldo falou sobre recursos do governo do estado para a cidade. “Ainda tenho um sentimento de dívida com os municípios, mas o governo mudou e logo teremos novidades em relação a recursos, obras e ações para a cidade, eu e o Peninha temos este compromisso com toda a comunidade,” disse Schneider.

Em seguida a dupla seguiu para Vidal Ramos. Junto com o Prefeito Laércio da Cruz, o popular Tinha, os parlamentares falaram sobre recursos estaduais e federais para a cidade. O encontro aconteceu na Prefeitura e o deputado agradeceu a todos que torceram por sua recuperação. “Quero agradecer pelas orações, mensagens recebidas em relação ao meu tratamento de saúde que tem dado muito certo. Falando de recursos, posso dizer que já fizemos muito por Vidal Ramos, mas ainda estamos com algumas dívidas com a cidade que esperamos cumprir”, comentou.