Por: diario | 17/07/2018

Apesar do fim de semana de frio, os torcedores se reuniram para assistir a etapa final do Campeonato Municipal de Bocha 2018, em José Boiteux. Foram 10 equipes participantes no Campeonato que iniciou no dia 2 de março e terminou na noite desta sexta-feira (13), na Associação Desportiva e Recreativa 7 de Maio.

Na classificação geral, a Associação Desportiva e Recreativa 7 de Maio foi a campeã. O segundo lugar ficou para o Bar da Coca, o terceiro para o Santo Antônio e a quarta colocação para a equipe do 13 de Maio.

“Bocha é uma paixão no nosso município, e o Campeonato foi em clima esportivo, com respeito entre os atletas e jogos muito equilibrados, cada equipe levará também um prêmio especial para fazer sua confraternização”, disse o prefeito de José Boiteux, Jonas Pudewell.

 

Quer receber as notícias no Whatsapp? Clique aqui

 

A bocha na história

A bocha, conforme alguns historiadores, originou-se de um esporte praticado no Egito e na Grécia antiga, onde eram usados objetos de formatos esférico como pedras redondas.

Para Roger Nelson Steiger no livro “O emocionante espetacular esporte da bocha”, não há dúvidas de que o jogo de bocha é de origem italiana e de que o surgimento se deu no tempo do Império Romano, quando o esporte tinha o nome de “boccie”. Na expansão do Império foi levado pelos exércitos de ocupação a todos os povos por eles dominados. Em 1.500 o boccie era praticado na França, Itália, Espanha, Portugal, Inglaterra.

No Brasil a bocha veio com os imigrantes italianos e tomou vários estados em pouco tempo, em 1951 o Brasil iniciou em campeonatos Sul Americanos e em 1964 realizou o primeiro Campeonato Brasileiro de Bocha.

O jogo consiste em lançar bochas e situá-las o mais perto possível de um bolim previamente lançado. Cada time, por sua vez, tenta situar as bochas mais perto ainda do bolim ou remover as bolas do time adversário.

Elisiane Maciel