Por: diario | 28/01/2017

O Lar de Idosos Abrigo Mão Amiga, localizado em Ituporanga, está com um bazar beneficente aberto à comunidade. A ação acontece todos os sábados, das 8h às 17h, e tem como objetivo arrecadar recursos para investir em melhorias na estrutura do local. As peças oferecidas – que são roupas adultas, femininas e masculinas – possuem um valor simbólico, e custam de R$ 3 a R$ 10.

De acordo com a responsável pela parte administrativa e financeira do abrigo, Roberta Rosar, os itens encontrados no bazar foram doados por diversas pessoas. “A gente seleciona: os idosos que precisam sempre em primeiro lugar, e o restante vai para o bazar, para entrar dinheiro para a melhoria do próprio abrigo”, ressalta.

A necessidade de fazer um bazar beneficente surgiu porque não havia mais como guardar todas as roupas que eram doadas. Segundo Roberta, a pessoa responsável pela lavanderia do abrigo, que também recebe as doações, percebeu que as peças começaram a acumular, e por isso foi preciso agir rapidamente. “A gente colocava o que os idosos precisavam, e as roupas que não tinham como ser para eles a gente ia deixando em um espaço. Mas isso começou a crescer, então muitas roupas a gente precisava dar um destino”, comenta.

Voluntários e doações

O bazar do Abrigo Mão Amiga é uma iniciativa recente. Roberta explica que ele teve início no final do ano passado, mas só foi anunciado neste ano. A grande dificuldade inicial foi encontrar alguém que pudesse ficar responsável pelo local, já que disponibilizar funcionários da entidade era inviável.

Quando o abrigo conseguiu uma voluntária para o bazar, ele passou a ser aberto todas as quartas-feiras. Apesar disso, o movimento nos dias de semana era fraco, e a sugestão foi que a ação fosse transferida para todos os sábados. “Ela viu que dia de semana estava bem calmo, então ela sugeriu [uma data] e agora vem todo sábado. Até ela ficar, estamos atendendo todos os sábados”, declara Roberta.

O abrigo ainda espera recrutar mais voluntários até o fim do ano, pois o funcionamento do bazar depende exclusivamente da ajuda de outras pessoas. Roberta explica que quem tiver vontade de ajudar pode entrar em contato com a entidade, tanto para doações quanto para voluntariado. “As pessoas que querem abraçar essa ideia com a gente, a gente conversa e se ajuda. Só o que não conseguimos fazer é disponibilizar funcionários [para o bazar], mas a gente queria fazer uma parceria bem forte com voluntários”.

O Abrigo Mão Amiga

Atualmente, a entidade tem capacidade para abrigar 60 idosos e possui 52 vagas preenchidas. As pessoas que desejam ajudar podem entrar em contato com o abrigo através do telefone (47) 3533-3745 ou pessoalmente. Todas as doações – inclusive o valor arrecadado pelo bazar – são revertidas em melhorias no local. “Tudo o que vier é bem-vindo”, finaliza Roberta.