Por: diario | 17/03/2018

A Associação dos Municípios do Alto Vale do Itajaí (AMAVI) se reuniu na tarde dessa sexta-feira (16), no Clube Caça e Tiro Mosquito para assembleia extraordinária o momento além de discutir propostas importantes como o magistério e o programa de compensação de contribuições do INSS, o encontro também serviu para a reunião dos prefeitos em prestígio a abertura de uma das festas mais tradicionais da região.

Compondo a mesa estiveram o prefeito de Agronômica e também Presidente da AMAVI, César Cunha, o vice Humberto Pessatti, prefeito Rodrigo Praiss, Adriano Poffo e demais autoridades. Também o deputado federal Rogério Mendonça (Peninha) e, representando o presidente da Ucavi Adriano Coelho, Francisco Goetten. A rainha e princesa da festa também estiveram presentes.

O presidente abriu a sessão agradecendo a oportunidade de estar realizando a 7º Ferroz, depois de dois anos sem realizar a festividade. “É um prazer realizar essa edição da festa com todo afinco, nós já havíamos a programado mas infelizmente não pode ser realizada.” O prefeito destacou ainda as melhorias que o parque também ganhou nesse período. “Tenho certeza que dentro do esforço de cada funcionário e colaborador conseguimos deixar ele em condições de receber muito bem e com todo o conformo a população”, comentou. Para a preparação da festa, houve ampliação e reforma das estruturas cobertas, trabalho de terraplanagem, parte elétrica e hidráulica, inclusive com extensão de água para o espaço do camping e macadamização de todo terreno. César também lembrou do agricultor, figura destaque para essa comemoração. “Esta festa é pra valorizar nosso produtor de arroz, e também todos os agricultores, que são os responsáveis por um dos principais setores de desenvolvimento econômico em nossa cidade,” ressaltou.

O deputado federal Peninha também fez uso da fala e ressaltou os trabalhos que tem desenvolvido junto aos municípios do Alto Vale trazendo recursos federais para aplicação em diversas melhorias na região, desde a área da saúde até mesmo na manutenção das vias de interior.
O primeiro assunto discutido foi o piso salarial dos educadores, convidado a palestrar e apresentar um estudo e trazer projeções da medida, foi o professor Plauto Mendes, Secretário de Educação Município de Rio dos Cedros, que apresentou um estudo sobre Plano de carreira do magistério. O professor destacou a crise geral em que todas as áreas enfrentam em um momento de reorganização econômica e, que infelizmente, a educação também precisará sofrer adequações técnicas. Ele mostrou ainda que os municípios do Alto Vale, atualmente, nenhum possui condições de arcar com um aumento de 22% do piso e dar continuidade a um plano de carreira na educação. Pois não existem verbas e receitas que cubram a projeção desse orçamento. “É obvio que para você fazer um plano de carreira você tem que ter condição orçamentária, todos nós queremos que o professor receba o melhor salário do mundo, mas o médico precisa ganhar, o enfermeiro precisa ganhar e o zelador precisa ganhar. É complicado fazer esse ajuste quando você precisa fazer isso em muitas carreiras,” conta Plauto. Mendes ainda apresentou um longo estudo com os impostos recolhidos e investimentos no setor.

“Quanto foi aprovado a lei do piso, vou dar o exemplo de Rio do Oeste, não foi colocado em lei, mas eles deram todos os índices do benefício para os professores, e assim foi. Cada ato que os prefeitos dão são para a vida toda, não só para os quatro anos de mandato. Não tem condições de dar sequência a isso.” Comentou o professor exemplificando o caso de falta de planejamento estratégico na continuidade da dotação orçamentária ao magistério.

Falou-se também sobre a legislação das rádios comunitárias, onde se trouxe a decisão final do Tribunal de Contas do Estado sobre os patrocínios e subvenções as rádios comunitárias. O representante da Acaert comentou sobre a pressão que existe das rádios comunitárias em busca de verbas do poder público para seu sustento, atividade que acontece de maneira ilegal. A legislação é clara e os chefes do executivo por vezes sedem ao descumprimento da mesma. O tribunal decidiu que se o mandatário do município contratar rádios comunitárias em propagandas poderá responder por improbidade administrativa.

A Acaert aproveitou a oportunidade para apresentar o iniciou de um trabalho, que poderá ser uma das maiores campanhas publicitárias de Santa Catarina, o “Jeito catarinense de ser”. Uma cartilha, que conta com o apoio da Fecomercio e FIESC, destinada a crianças de 8 a 11 anos, distribuída em todas as escolas de Santa Catarina, que irá apresentar o jeito certo de fazer as coisas e o jeito errado, em as áreas como saúde, educação, trânsito.
Outro assunto foi o programa de compensação do ISS, sobre prestação de serviço de cartão de crédito, onde os municípios deverão realizar um cadastro para começar a receber o valor.

7ª Festa Estadual do Arroz – Ferroz

A abertura oficial foi às 17h, no Parque de eventos do município, Roberto Westphal, com a 8ª Abertura da Colheita do Arroz Irrigado do Alto Vale do Itajaí e durante a noite a dupla Dany e Rafa fizeram a festa dos agronomenses.

No sábado (17) o dia começa com a Cavalgada do Rancho 4 Cascos, a partir das 8h. No mesmo horário e local vai ocorrer a primeira edição da Trilha do Arroz, com a participação de jipeiros de vários municípios da região. Ainda no sábado, às 9h, a Ucavi estará reunida, no Clube Caça e Tiro Mosquito. No mesmo horário começam os treinos livres da Supercopa Alto Vale de Velocross da Liga Catarinense de Motociclismo. Também no sábado está confirmado o Encontro de Mulheres – palestra show e sorteio de brindes, no Clube de Caça e Tiro Mosquito. E para fechar o segundo dia, a dupla Conrado & Alexsandro promete agitar o público – somente nesta noite será cobrado para ingressar na arena de shows. “Sexta e domingo, toda a programação de shows será gratuita. O único evento que será cobrado ingresso é do show de Conrado e Aleksandro, no sábado à noite”, explica o prefeito César Cunha (PSDB). Os ingressos custarão R$ 15 no primeiro lote, R$ 20 no segundo e R$ 25 no terceiro lote.

E para o domingo, os organizadores confirmaram mais novidades. Desta vez o dia vai começar com um passeio ciclístico. A concentração começa às 7h30, no parque. À tarde também foi confirmada a apresentação do espetáculo infantil “Frozen, uma aventura congelante”. A entrada é franca. E para encerrar a Ferroz 2018 mais dois shows gratuitos serão apresentados, a partir das 18h.

Susana Lima

Receba primeiro as notícias do Jornal Diário do Alto Vale, faça parte do grupo de whatsapp. Clique aqui