Por: diario | 06/05/2017

O trajeto percorrido todos dos dias por cerca de 40 anos da rede pública de ensino de Taió foi marcado por um grande susto na manhã desta sexta-feira (5). O ônibus que levava alunos de 6 a 10 anos do Centro da cidade até a localidade de Ribeirão Pinheiro, pela SC-114, quase se envolveu em um acidente e tombou. De acordo com informações da Secretaria de Educação do município e bombeiros que atenderam a ocorrência, uma mulher, que acompanhava o transporte, sofreu ferimentos leves. As crianças não ficaram feridas, de acordo com as informações apuradas.

O motorista do transporte escolar, Ari Goetten de Souza, relatou o acontecimento. Segundo ele, o ônibus estava em velocidade baixa e em uma estrada de chão batido quando o condutor se deparou com uma motocicleta vindo na contramão e, para não bater de frente, desviou e acabou perdendo o controle. “Uma moto preta com um homem com capacete vermelho vinha em sentido contrário, pela contramão. Eu desviei um metro, torci o volante e o carro escorregou e veio a sair da pista. Ficou parado alguns segundos e quando eu abri a porta o carro deitou”, comentou o motorista.

O local do tombamento foi um pasto, e apesar o vidro das janelas do ônibus terem quebrado e o veículo ter ficado amaçado, ninguém saiu gravemente ferido. No momento do acidente a Polícia Militar foi acionada e Bombeiros e Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) foi descolado, mas foi o próprio motorista que retirou as crianças, uma a uma, de dentro do veículo.

De acordo com o relato de Souza, algumas queriam seguir andando para a escola, mas ele as fez esperar até que um segundo veículo da Prefeitura de Taió chegasse. A mulher que acompanhava o transporte e sofreu ferimento leves na cabeça foi atendida pelo Samu.

A Polícia Militar constatou que no momento do acidente o ônibus trafegava a 28km/h. O veículo foi retirado do local e mandado para o conserto. O secretário de Educação do município, João Tadeu Correia, esteve no local após o acidente. Ele garantiu que o transporte dos alunos não será prejudicado “Por sorte nós tínhamos adquirido dois veículos e um ficaria de reserva, agora ele será usado para fazer o transporte dos alunos”, afirmou Correia.

Segundo o secretário, o motorista que conduzia o ônibus é muito experiente. “Ele tem mais de 20 anos de experiência como motorista e trabalha conosco há alguns anos”. Ele foi liberado pela Polícia Militar após o acidente. De acordo com o secretário, é a primeira vez que um acidente assim é registrado no município.

Suellen Venturini


Últimas notícias:
Tempo segue firme no fim de semana no Alto Vale
Três pessoas são atropeladas no Alto Vale