Por: diario | 10/10/2018

De acordo com a Secretaria da Segurança Pública (SSP) de Santa Catarina, somente neste ano, de janeiro a outubro, 35 feminicídios já foram registrados no estado. O mesmo tanto de ocorrências do crime, foi registrado em 2017 e em 2015, tendo o número superado somente em 2016, com 40 casos.

Entre estes 35 casos, a mais recente vítima foi Maria Aparecida de Pinho Fagundes, 50 anos, que foi morta com golpes de canivete pelo ex- marido quando fazia fisioterapia.

O crime aconteceu na manhã de segunda-feira (8), em Santo Amaro da Imperatriz. O culpado pelo crime, Delco Fagundes, 51 anos foi preso em flagrante pela Polícia Militar na frente do estabelecimento. Ele não aceitava o fim do relacionamento. Na delegacia, ficou em silêncio.

Quer receber as notícias no Whatsapp? Clique aqui

A vítima já havia sofrido violência anteriormente pelo marido, mas não havia denúncia e, de acordo com populares, ninguém acreditava que o homem chegaria ao ponto de matá-la.

“Vínhamos numa decrescente, mas os últimos casos igualaram as estatísticas do ano passado. Pelo estudo de cada caso podemos planejar ações futuras”, afirma a delegada Patrícia Zimmermann D’Ávila, coordenadora das Delegacias de Atendimento à Criança, Adolescente, Mulher e Idoso (DPCAMIs).