Por: diario | 02/03/2018

O Plenário Manoel Côrrea de Negreiros, na Câmara de Vereadores, recebeu nesta quarta-feira (28) o 3° Seminário do Plano Municipal de Economia Criativa de Taió (PLAMEC), que teve como tema “Inovação e Tecnologia”, com o especialista Odair da Rosa.

Entre muitos pontos, Odair destacou que para crescer e se destacar, é sempre necessário inovar. Segundo ele a inovação nos permite expressivas vantagens competitivas, principalmente quando se fala em tecnologia. “Nas últimas décadas, por exemplo, foi possível assistir a um impressionante desenvolvimento de novas tecnologias que transformaram o ambiente de empresas de todos os portes, abrindo caminhos e criando empregos até então inexistentes”, frisa.

Ele cita ainda que inovar diferencia uma empresa do concorrente; aumenta a participação no mercado, a lucratividade e o nível de emprego e renda; agrega valor aos produtos e serviços; amplia a relação com novos mercados, abre portas para novas parcerias e novos conhecimentos e ainda melhora o posicionamento no mercado. Mas é preciso ter atenção. É de extrema importância analisar qual é a melhor tecnologia e quais serão os benefícios para a empresa. Investir na tecnologia correta é fundamental para obter bons resultados.

Entre os muitos exemplos explanados pelos presentes, foram debatidos os principais meios de inovação que podem ser realizados em Taió a partir das construções históricas, paleontologia, riquezas naturais e o turismo num todo do município.

O objetivo do PLAMEC é definir e orientar as ações fundamentadas em um diagnóstico cultural para o desenvolvimento econômico e cultural através de metas e objetivos de curto, médio e longo prazo, articuladas com os demais Planos e a Política Federal e Estadual, que leve em conta as peculiaridades, as vocações, as pretensões do presente e do futuro, com articulações para o crescimento municipal.

Esta é uma iniciativa da Prefeitura Municipal de Taió em parceria com SENAC/SC e que pretende envolver na construção deste planejamento de desenvolvimento econômico, as organizações da sociedade civil, associações e entidades, a cadeia produtiva da cultura, inovação e tecnologia, o trade turístico e demais agentes direta e indiretamente envolvidos com a cultura e inovação de Taió.

 

Receba primeiro as notícias do Jornal Diário do Alto Vale, faça parte do grupo de whatsapp. Clique aqui