Por: diario | 16/05/2019

Administrar um setor tão importante como a Educação não é tarefa fácil, mas ao que tudo indica em Rio do Sul a Administração tem conseguido fazer isso bem como apontou uma pesquisa encomendada pelo Jornal Diário do Alto Vale e realizada em parceria com a Academia Política do Brasil. O levantamento mostrou que 54,17 % da população de Rio do Sul está satisfeita no que diz respeito a essa área e apenas 1,52 % se mostrou insatisfeita. Outros 35,23 % trataram o assunto como indiferente.

Procurada pela nossa equipe de reportagem para comentar o assunto a Secretária da Educação, Janara Mafra, disse que ficou feliz e ao mesmo tempo se surpreendeu com o resultado. “Tudo o que a gente faz acaba trazendo um resultado que muitas vezes não fica tão visto aos olhos das pessoas, mas a gente sabe do trabalho que estamos desenvolvendo aqui com a equipe da Educação, professores, diretores e demais profissionais. Uma andorinha só não faz verão, então esse resultado é reflexo de todo o trabalho da nossa equipe”, disse.

Fazendo um balanço das ações que ela acredita que foram importantes para tanta aceitação, Janara afirmou que um dos principais trabalhos está relacionado ao aumento de vagas. “O trabalho principal hoje está relacionado ao aumento de vagas nas creches e unidades de educação infantil, como também o programa educação infantil 12 meses, que agora é Lei e presta um serviço ininterrupto durante todos os meses do ano a essas crianças que ficam as vezes até 10 horas nas unidades educacionais”, comentou.

Outro destaque, segundo ela, é a boa alimentação escolar que está relacionada a parceria com os agricultores. “A compra direta dos produtos traz muita qualidade para educação escolar, além da fartura da diversidade dos cardápios”, disse.

Janara elencou ainda, pontos importantes como o trabalho pedagógico desenvolvido, além, da equipe de profissionais dedicados e comprometidos com uma educação de qualidade pensando principalmente no futuro e desenvolvimento pessoal dos alunos. “Acredito que o trabalho pedagógico está muito bem focado com os profissionais que temos hoje. Temos também uma equipe de volantes para quando acontecer de algum professor faltar, temos um substituto. Outro ponto positivo e muito importante é a nossa união com as Associações de Pais e Professores, as APPs, que têm sido muito parceiras com a gente. Temos o programa “Fala Comunidade” onde o prefeito destinou aproximadamente um milhão para compra de equipamentos, como projetores, geladeira, máquina de lavar, laboratório de informática. Temos o Educa Móvel, um ônibus totalmente reformado que não podíamos disponibilizar em toda a rede, mas o projeto leva isso pra todas as escolas”, complementa

Valorização profissional e salarial

Reconhecimento e valorização profissional. Essas duas características também foram destacadas por Janara como fundamentais. De acordo com ela, hoje o grande diferencial da equipe a qual coordena é a força de vontade e a dinâmica que existe no grupo. “Hoje os nossos profissionais são muito bem valorizados, todos com salário em dia. Isso é importante, a atenção com cada um desses profissionais, ouvir cada um, realizar assembleias, dar todo esse suporte. São essas questões que tem feito a gente conseguir planejar a educação em nosso município para os próximos anos”, completa.

A diretora do Centro de Educação Infantil Adelaide Ledra, Elaine Cristina Budag, destacou que o reconhecimento com os funcionários é o que motiva ela a trabalhar na educação. “Quando se tem uma secretária da Educação que defende e prioriza o essencial, pois conhece e tem nas veias o amor pela educação, os bons frutos vão surgindo. Temos sim hoje em nossa Rede Municipal um ótimo salário para nós professores, fruto sem dúvida da luta de nossa secretária desde 2009 quando foi implantado em nosso município, a Lei do piso nacional, onde desde lá nossos salários vem melhorando consideravelmente. Penso que somos sim reconhecidas e valorizadas, não só com a questão salarial, como também com formações continuadas e intercâmbios que nossa rede oferece. A Educação deve estar sempre buscando se atualizar e melhorar as condições de ensino e aprendizagem para nossas crianças, e sem dúvida nossa rede oferece essas possibilidades. Tenho muito orgulho em fazer parte desta equipe”, destacou.

Janara, por fim, avaliou toda a equipe como um grande grupo que gosta de apreender. “Temos além dos professores, 36 diretores. Todos profissionais que estão sempre buscando capacitações para melhorar o trabalho a cada dia. Eu me avalio e avalio a minha equipe dessa forma. Embora eu esteja como secretária da pasta pela terceira vez, é sempre um aprendizado e um desafio novo. A cada dia são situações diferentes onde exigem que a gente seja cada dia melhor, com sangue correndo nas nossas veias, energia e amor pela educação”, finalizou.

Sobre a pesquisa

A pesquisa encomendada pelo jornal avaliou diversos setores da administração pública e até a percepção dos moradores em relação à vários serviços e ouviu pessoas de 16 até mais de 60 anos. Do total de entrevistados, 9,47% tinham entre 16 e 24 anos, 22,35% de 25 a 34 anos, 29,55% de 35 a 44 anos, 24,62% de 45 a 59 anos e 14,02% tinham mais de 60 anos. As mulheres representaram 49,24% dos entrevistados enquanto os homens corresponderam a 49,24%.

O levantamento foi feito em diversos bairros da cidade. A maior participação, 40,53%, é de moradores dos bairros Barra Itoupava, Bela Vista, Bremer, Budag, Canoas, Canta Galo, Eugênio Schneider, Laranjeiras, Progresso, Santa e Sumaré. Já 31,82% dos que responderam à pesquisa vivem no Centro e Jardim América. Outros 27,65% moram na Albertina, Barra do Trombudo, Barragem, Boa Vista, Fundo Canoas, Navegantes, Pamplona, Taboão, Valada Itoupava e Valada São Paulo.

Tatiana Hoeltgebaum